Motorista de aplicativo é sequestrada e mantida em cativeiro.

Warley Leite

Criminosos queriam que a família da mulher pagasse um valor em dinheiro para libertá-la. Polícia trata crime como extorsão mediante sequestro

Mulher foi mantida em cativeiro em uma casa na Vila Pedreira, zona sul de Porto Alegre Divulgação / Polícia Civil

Uma motorista de aplicativo foi abordada por quatro criminosos por volta das 17h30min desta segunda-feira (6) na Rua Caeté, na Vila Assunção, bairro nobre da zona sul de Porto Alegre. Ela teve o carro levado, foi mantida em cativeiro e os criminosos queriam que a família pagasse um valor em dinheiro para libertá-la. 

A polícia conseguiu resgatar a vítima e trata o crime como extorsão mediante sequestro

– Ela estava fazendo uma entrega de um produto na região e foi abordada por esses criminosos – conta o delegado João Paulo de Abreu, da Delegacia de Roubos e Repressão ao Crime do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). 

De acordo com a polícia, a mulher, de 51 anos, dirigia um Nissan Versa e os criminosos estavam em um Ford Fiesta. Eles levaram a vítima e o veículo para a Vila Pedreira, também na Zona Sul. Depois, entraram em contato com sua família para cobrar uma recompensa. 

A polícia fez buscas na região da Vila Pedreira e do Hipódromo. A mulher foi mantida refém dentro de uma casa, mas os criminosos a tiraram de lá com medo de serem encontrados. 

Por volta das 23h, a polícia conseguiu identificar o Fiesta. Dentro dele estavam a mulher e dois homens envolvidos no sequestro. Eles estavam em posse de arma de fogo. 

Polícia fez buscas e conseguiu libertar a mulher na parte da noite Divulgação / Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Next Post

Motorista não liga ar, é morto, e 500 motoristas clamam por justiça em Juiz de Fora

Aproximadamente, 500 motoristas por aplicativos foram as ruas de Juiz de Fora protestar e clamar por justiça após a morte do motorista por aplicativo Sandro  47 anos,  esfaqueado por um passageiro, de 31 anos, após discussão por ele se recusar a ligar o ar condicionado do veículo por medida de […]

Inscreva-se agora