Lideranças de motoristas de aplicativos são eleitas de maneira estranha na Bhtrans.

Reunião na Bhtrans

No último dia 30/01/2019 na sede da Bhtrans localizada no bairro Buritis, se reunirão lideranças de motoristas por aplicativos, representantes da Bhtrans. As plataformas de aplicativos convidados estar presentes não compareceram.

O intuito da reunião era dar continuidade ao acordo firmado na PL490/2018 junto ao prefeito Kalil, presidente da Bhtrans Celio Bolsada, vários representantes dos taxistas e 4 representativas junto aos motoristas por aplicativos. Ficou definido o limite que o ano do veículo seria realizado através de portaria da Bhtrans previamente em 7 anos com um prazo de 1 ano para adequação, 2 das 4 entidades fariam parte da comissão que construiriam as portarias da Lei 11.185.

Tudo estaria certo apenas por um detalhe.

O Clube dos motoristas por Aplicativos, apontada pelas outras 3 de ser a responsável em aceita acordo junto ao prefeito estranhamente não foi oficiada  estar presente.

Representatividade não oficiada

O Clube dos Motoristas por Aplicativos, presidido por Warley Leite idealizado do Movimento “Se Somos Palhaços Não tem Graça.”

Acredita que houve um erro no envio do Oficio, não acredita em primeiro momento uma tentativa de se beneficiar ou prejudicar por parte da Bhtrans.

Informa que já entrou em contato com os responsáveis da Bhtrans, informou o ocorrido e aguarda um posicionamento do órgão regulador do trânsito da capital.

Espera que outra reunião seja convocada, porem desta vez com todas as 4 representatividades presentes, para definição dos moldes de escolha dos eleitos junto a Bhtrans. Pede que seja respeitando os moldes definidos pelo prefeito Kalil e pelo presidente da BHtrans Célio Bolsada no acordo realizado,

Apela ainda que todo esse processo seja realizado de maneira transparente democrática e com formato imparcial. Afirma que as representatividades referidas tenham princípios e ética realizando o mesmo pedido a Bhtrans desmontando assim estarem agindo com boa fé, prezando o maior valor que uma representatividade pode ter em sua opinião, que é a moral e boa conduta diante os seus supostos representados.

Presente em reunião diretor de comunicação da Fanma Carlos Virtuoso afirma ter alertado falta de uma das representatividades

Um dos presentes na reunião, afirmou ter alerdado a falta de uma representatividade das 4 definidas para a realização da definição dos moldes de escolha de qual seriam as duas das quatro referidas a fazer parte da comissão junto a Bhtrans responsável por construir as portarias da Lei 11.185.

 

One thought on “Lideranças de motoristas de aplicativos são eleitas de maneira estranha na Bhtrans.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Next Post

Representante dos motoristas por aplicativos é dono de 3 empresas com investimento de mais de meio milhão, e duas associações.

Representante eleito de forma estranha Gilberto Marcio de Abreu, sempre de Terno e gravata se apresenta como advogado, mais ao ser solicitado o número de seu registro na OAB  o mesmo nunca informa. Gilberto se enche de orgulho, ao falar de suas experiencias em campanhas políticas, a última segundo ele elegendo um certo vereador. […]

Inscreva-se agora